Saiba quando e onde usá-las para obter uma boa iluminação.

A temperatura da cor deve ser considerada na escolha das lâmpadas de luz para que o usuário tire o maior proveito da iluminação dos ambientes.

Quando alguém se dirige a um ponto de venda para comprar uma lâmpada, é comum ele verificar aspectos como tensão (127V – 220V) e potência, que é medida em Watts, e está diretamente ligada ao consumo. No entanto, nem sempre ele se atenta à temperatura de cor da mesma. Com unidade expressa em graus Kelvin (K), a temperatura corresponde à tonalidade aparente da luz, que popularmente é conhecida como luz branca e luz amarela.

As lâmpadas possuem cores diferentes porque cada uma se adapta melhor a cada tipo de ambiente ou de acordo com as atividades realizadas nestes locais. ⠀⠀

 A Luz e os seus efeitos

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Luz amarela: com um toque dourado, traz um aconchego, como se fosse um descanço para os olhos. Indicada para áreas íntimas e sociais da casa.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Luz Branca

Luz Branca: Proporciona uma situação de atenção, de foco, melhor visibilidade, deixa o ambiente sempre mais em alerta. Indicada para cozinha e áreas de escritório

→ As lâmpadas que emitem fachos de luz amarelados, ou mais quentes, geralmente tornam os ambientes mais aconchegantes e confortáveis, estimulando a pessoa a relaxar. Normalmente elas têm temperatura de cor entre de 2.700K e 3.100K e são mais indicadas para quartos, salas e áreas de estar em geral.

→ As lâmpadas que emitem luz branca, ou branca-azulada, habitualmente chamadas de frias, causam exatamente o efeito oposto. Acima de 4.000K, elas são mais estimulantes, portanto, mais indicadas para ambientes de trabalho, como escritórios e indústrias, e ambientes residenciais como cozinhas, banheiros e áreas de serviço.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀

“O usuário deve ter em mente que a cor da luz tem influência direta no seu estado emocional e pode ser uma grande aliada para o seu bem-estar. A iluminação amarelada no quarto, por exemplo, irá ajudá-lo a relaxar depois de um dia de trabalho. Da mesma forma que a luz fria, branca, facilitará a visualização de alimentos e utensílios na cozinha, onde se requer mais atenção”.

A Cor não interfere na eficiência energética.

Um ponto a ser destacado é que a temperatura de cor não tem influência nenhuma no consumo da lâmpada. O produto não utiliza mais ou menos energia em função da tonalidade do seu facho de luz, mas sim de acordo com a sua potência (W) sendo que a potência maior se traduz em consumo de energia elétrica mais elevado.

Algumas pessoas têm a impressão de que quanto mais branca a iluminação, mais potente é a lâmpada ou que ilumina mais que a lâmpada amarela. Mas isso não é verdade. Sob o prisma luminotécnico e quantidade de luz exposta no ambiente temos a mesma intensidade luminosa. E no aspecto luminoso, a luz branca é a que se destaca pela luminosidade, oferecendo maior conforto visual já que se exige menos esforço para visualizar o objeto comparada a luz amarela que é mais escura. 

As lâmpadas eletrônicas custam a partir de 15 reais, enquanto as de LED saem a partir de 25 reais. Mesmo mais caras, as lâmpadas de LED têm durabilidade maior e consumo menor, além de não esquentar como as eletrônicas. Com a utilização adequada, pode-se obter um aspecto variado de cores, incluindo várias tonalidades de branco, permitindo um ajuste perfeito da temperatura de cor desejada. A melhor especificação pra você pode ser feita pelo arquiteto que ao fazer o projeto entenderá perfeitamente suas necessidades e gosto, além de propor a melhor distribuição das luminárias. Não deixe de consultá-lo.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Veja abaixo alguns ambientes iluminados com diferentes exemplos:

Auditorio | Projeto de Arquitetura Comercial | reforma no Rio de Janeiro

Luz Branca – Auditório

Cozinha planejada Virna Carvalho Arquiteta

Luz Branca – Cozinha Planejada

Banheiro planejado por Virna Carvalho, Arquiteta no Rio de Janeiro

Luz Branca – Banheiro

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Sala vip decora | Arquitetura Comercial | reforma e construção | Virna Carvalho Arquiteta | Rio de Janeiro

Luz Amarela – Sala VIP

Sala vip decorada | Virna Carvalho Arquiteta | Rio de Janeiro

Luz Amarela | Sala Comercial

Sala decorada | Arquitetura de Interiores | Virna Carvalho Arquiteta

Luz Amarela | Sala de Estar